Recicla

A Springfield R[ECO]NSIDER(A) a sua ação para com o planeta

A Springfield tem uma nova coleção na linha eco-friendly, R[ECO]NSIDER, de calças fabricadas com menor consumo de água. Além disso, cada compra de um par traduz-se na plantação de uma árvore.

Com o objetivo de contribuir para a reflorestação e criação de novos ecossistemas na província de Burgos, uma área do território espanhol de grande valor ecológico, que necessita de rápida intervenção, a marca do grupo TENDAM estabeleceu o objetivo de cultivar até 30 mil árvores. Para isso, lançou o projeto #SpringfieldForest, em que, inicialmente, se comprometia a plantar uma árvore por cada vez que a hashtag que dá nome à iniciativa fosse partilhada nas redes sociais. Numa primeira fase, na estação primavera-verão, foram conseguidas cinco mil. Recentemente, com o lançamento da coleção de outono, reforçou o empenho ao propor dar uma nova planta à floresta, por cada par de jeans H20 comprados.

O diretor de Marketing do grupo TENDAM Portugal, Alexandre Mendes, afirma que “a ação está a superar expetativas” e que “o contributo de Portugal para o projeto rondou os 16%”.

Com a iniciativa “Um par de jeans = Uma árvore”, a Springfield já conseguiu atingir o objetivo proposto, juntando à sua lista de ações mais sustentáveis a ajuda à reflorestação da província de Burgos.

Estes jeans H20 inserem-se no programa com o mesmo nome e são criados com tecnologias laser e ozono nos acabamentos. “Com a técnica laser, conseguimos um efeito desbotado, mediante um processo em seco. Graças ao ozono, oxidamos o denim de forma natural, conseguindo diferentes tonalidades, mas reduzindo drasticamente a utilização de água e prescindimos de produtos contaminantes, como o permanganato de potássio, o cloro ou a lixívia”, explica o diretor de Marketing.

Além da produção destas calças, na linha R[ECO]NSIDER, todas as peças de roupa são criadas com fibras naturais e recicladas. Recorre-se ao algodão orgânico, ao polyester e lã reciclados e a fibras obtidas a partir de madeira e celulose sustentáveis, material renovável e tecidos naturalmente biodegradáveis. Nesta linha é também utilizada a e-Flow, uma tecnologia que permitem acabamentos onde se reduz em 95% o consumo de água, em 90% os produtos químicos e ainda se consegue uma poupança de 40% de energia durante o processo.

A Springfield procura aliar tecnologia com sustentabilidade nas suas peças de roupa, pois acredita que “ninguém pode fazer tudo, mas todos podemos fazer algo”.