Recicla

Ano novo, destinos (sempre) sustentáveis

Comece o ano a fazer planos para visitar as regiões portuguesas distinguidas como mais sustentáveis. Para o ajudar, deixamos cinco sugestões que, de norte para sul e com um saltinho ao arquipélago dos Açores, foram eleitas pela organização Green Destinations.

Alto Minho
É uma região extensa em área e em biodiversidade. Desde logo, inclui duas zonas de paisagem protegida, Bertiandos, em Ponte de Lima, e Corno de Bico, em Paredes de Coura. Conta também com o Parque Natural do Litoral Norte e com Parque Nacional da Peneda-Gerês, classificado como Reserva Mundial da Biosfera Transfronteiriça. No Alto Minho, não faltam pontos de interesse para conhecer, quer culturais, quer naturais. É considerada uma região sustentável pelas medidas adotadas no que toca à mobilidade urbana, à redução do consumo de energia e há criação de percursos ecológicos que incentivam à descoberta da natureza e da cultura sempre com respeito pela natureza.

Serras do Socorro e Archeira
Esta paisagem protegida do concelho de Torres Vedras foi distinguida como destino sustentável pelo esforço colocado nas políticas de desenvolvimento. Estas serras abrangem uma área de mais de 1200 hectares, onde os mosaicos agrícolas, as orquídeas, os pequenos mamíferos, os pássaros e as borboletas multiplicam as razões para uma visita.

Cascais
Cascais é também um destino sustentável a poucos quilómetros de Lisboa. Além das praias, tem como ponto alto de interesse o Parque Natural de Sintra-Cascais, que se estende entre os dois concelhos que lhe dão nome. Aqui pode observar-se uma floresta rica em espécies de árvores, onde também habitam algumas aves de rapina, como o falcão-peregrino, a coruja-das-torres, o gavião, o açor e a águia-de-bonelli.

Lagos
Lagos vê-se como um destino sustentável pois 60% do seu território corresponde a uma área de conservação natural. Tanto a marina como as praias têm certificado de bandeira azul e como se trata de um destino muito procurado pelos turistas, de forma a reduzir o impacto desta atividade na região, há vários hotéis que se comprometem com a sustentabilidade da atividade.

Açores
As nove ilhas do arquipélago dos Açores têm muito para descobrir. Abrace a natureza enquanto explora quedas de água, vales e colinas, ou trilhos em torno de antigos vulcões. Em todas as ilhas existe o cuidado com a preservação e manutenção dos ecossistemas e da biodiversidade. São diversas as atividades económicas que utilizam energias verdes para reduzir os seus impactos e também o turismo é, muitas vezes, pensado de forma sustentável.