Recicla

Bom para a pele e para o planeta? Siga a receita

O que lhe propomos é um 2em1: fazer um leite vegetal que ajuda a cuidar da sua pele e do planeta ao mesmo tempo. Vamos deitar mãos à obra?

Os rituais diários de higiene e beleza podem também ser sinónimo de sustentabilidade. Além dos grandes investimentos que as marcas de cosmética estão a fazer nas suas embalagens e produtos para que tenham uma pegada cada vez menor, há cada vez mais pessoas rendidas a receitas caseiras para fazerem os seus próprios produtos.

A verdade é que é mesmo possível cuidar do corpo de uma forma saudável e sustentável. Quem o diz é Mafalda Pinto Leite, chef de profissão e fundadora da marca MPL Beauty, que, ao ver nos alimentos e em diversas ervas medicinais, formas de cuidar e de bem-estar, alia receitas naturais aos cuidados mais estéticos.

É precisamente Mafalda que nos revela, passo a passo, uma receita de leite vegetal caseiro que torna a pele suave e macia recorrendo a ingredientes saudáveis. É para cuidar da pele de dentro para fora, isto é, para beber. Que tal experimentar?

Esta receita pode ser feita com oleaginosas, isto é, vegetais que possuem óleos e gorduras, ou com sementes cruas. A chef sugere a utilização de sementes de cânhamo para quem for apreciador, pois o sabor sobressai no final da mistura. Estas sementes “contêm todos os dez aminoácidos essenciais, são nutritivas e ricas em vitamina E, um nutriente vital para manter uma pele saudável e jovem”.

Além destas vantagens tornam a receita mais simples, evitando demolhar sementes e coá-las.

Assim, para fazer este leite vai precisar de:
• 1 chávena de sementes de cânhamo;
• 4 chávenas de água filtrada;
• Uma pitada de sal dos himalaias, ou flor de sal;
• 1 colher de sobremesa de óleo de coco;
• 2 ou mais tâmaras medjool sem caroço (opcional para quem prefere um leite mais doce).

Basta levar os ingredientes ao liquidificador e misturar durante aproximadamente quatro minutos. No final, terá um leite suave que deverá guardar num frasco de vidro, no frigorífico, para beber dentro de dois a três dias.

Se optar por oleaginosas, como nozes, avelãs, ou soja, terá de demolhar as sementes durante duas a quatro horas e depois coá-las para que não crie grumos. As medidas mantêm-se, mas quando terminar de bater no liquidificador será novamente necessário coar o leite. Para este último processo pode utilizar gaze, uma t-shirt de algodão antiga, ou até um pano de cozinha fino. 

Simples, saudável e sustentável: cuide-se e cuide do planeta.