Recicla

De pequenino se aprende a… fazer um ecoponto

Com a interrupção das aulas, os mais novos têm de se distrair com novas atividades. Porque não entretê-los com a construção de um ecoponto doméstico?

Os trabalhos manuais são uma boa ideia para ocupar as crianças. Neste caso, ajudam a passar o tempo e a preservar o ambiente. Se reciclar ainda não era uma prática muito comum, aqui ficam algumas dicas de como fazer um ecoponto doméstico, também ele reciclável.

  • Para criar o seu próprio ecoponto reúna duas caixas de cartão com um tamanho razoável, quer de comprimento, quer de altura, e quatro garrafas de plástico com capacidade de um litro ou de um litro e meio.
  • Recorte as abas das caixas e guarde-as para mais tarde.
  • Passe as tintas, os pinceis e as duas caixas aos mais novos e deixe que a sua criatividade dê cor ao seu futuro ecoponto.
  • Enquanto as crianças estão a pintar, recorte a parte superior e semiesférica das garrafas com um x-ato.
  • Quando a tinta estiver seca, coloque duas das abas recortadas numa das caixas para fazerem de separadores, dividindo-a, assim, em três partes.
  • De seguida, dê de novo os materiais de pintura aos mais pequenos, para que pintem cada um dos terços: um de azul, outro de amarelo e o último de verde, para distinguir onde colocar as embalagens.
  • Depois de as caixas secarem, utilize cola quente para fixar as garrafas, com a parte recortada para cima, a cada um dos cantos da caixa: o objetivo é que funcionem como pés, assim criando um ecoponto divertido.
  • Com as sobras das restantes abas de cartão e uma tesoura de pontas redondas (para que não se cortem), deixe os miúdos criarem acessórios para o ecoponto, por exemplo, olhos, nariz, dentes, ou até pés para colar à base das garrafas.

Com o ecoponto já feito, encontre-lhe um lugar de honra na sua cozinha ou varanda. Mas, um ecoponto só cumpre a sua missão se conhecermos bem as regras da separação das embalagens: aqui encontra tudo o que precisa saber – faça o download, imprima e cole em cada separador ou faça um pequeno cartaz e coloque por cima. 

E, agora, sim, entretenha-se a trocar a reciclagem por miúdos… com os miúdos…