Recicla

Green is Good, diz este restaurante

Quisemos saber porque é que o “verde é bom” e seguimos até à Ericeira, onde a gerente do Green is Good, Bruna Dias, nos contou como é ter um restaurante saudável e sustentável.

“Costumo dizer que agarrei um sonho que não era meu”, começa por dizer Bruna, que abraçou o projeto há dois anos. A ideia surgiu, em 2016, depois de uma experiência num restaurante saudável em Ibiza. “Porque não um destes na Ericeira?”, foi o mote que reuniu Rafael Correia, o dono do espaço, e um conjunto de amigos para dar origem ao GiG – Green is Good.

Com um brunch inspirado nos da cidade israelita de Telavive e com diversas outras ofertas saudáveis, o menu foi criado com ajuda de uma nutricionista.

“Os best-sellers”, como lhes chama Bruna, são o Salmão BeneGiG, que consiste em duas tostas com espinafre salteado, salmão fumado, ovo e abacate; as Panquecas de Aveia, o Crostini de Abacate, servido em pão de centeio, com tomate, rabanete, sementes de girassol, de abóbora e papoila; assim como, claro está, os sumos naturais feitos na slow juicer, uma máquina que permite manter os nutrientes da fruta ao criar a polpa lentamente.

Nesta cozinha, o açúcar não entra, as bebidas e os pratos são todos confecionados no momento e, tanto a carne, como o peixe são reduzidos. “Não somos um restaurante vegano, nem vegetariano, queremos encontrar um equilíbrio e agradar a todos os gostos”, explica.

O conceito do GiG gira exatamente em torno desse conceito, o equilíbrio. “Praticamente não temos desperdício”, sublinha. Aqui, reciclam-se as embalagens, os óleos e as cápsulas do café, e guardam-se os desperdícios de fruta e vegetais para alimentar os animais da quinta de uma das funcionárias.

Não só de reciclagem se fala no GiG, mas também de reaproveitamento. É que o espaço onde se encontra foi anteriormente uma loja de roupa e, antes disso, tinha sido uma mercearia. Há ainda relatos, conta-nos Bruna Dias, de que teria também sido uma farmácia.

Certo é que de dono para dono, tanto os móveis como o chão se têm vindo a manter e a reaproveitar ao longo dos anos. A juntar a esta vertente, tanto a decoração, como a iluminação foram criadas e montadas entre amigos, que deram ao pequeno restaurante um ambiente intimista e minimalista.

Nos tempos que correm, a pandemia tem vindo a obrigar o Green is Good a readaptar-se. Passou a vender também para fora e a ter caixas e copos de take away, “de cartão, pois são mais amigas do ambiente”, afirma a gerente. Também as palhinhas entregues para consumo fora do espaço são biodegradáveis e os sacos onde toda a comida é entregue são de papel.

São gestos sustentáveis que comprovam que verde é mesmo… bom!

Travessa da Misericórdia, 16, Ericeira
Tel.: 919 741 825