Recicla

Oito dicas para um verão mais sustentável

O verão chega oficialmente domingo. E o que propomos é que o torne mais sustentável com a regra dos três R: Reduzir Reutilizar e Reciclar. 

O ponto de partida é uma estatística: sabia que, em média, um português produz 486 quilos de lixo num ano? Há que começar a fazer contas de subtrair. E, porque cada pessoa pode fazer a diferença, deixamos-lhe algumas medidas ecológicas que é possível adotar nas suas rotinas, mesmo de férias.

Se for passear, quer seja numa ida à praia, ao jardim ou fazer um piquenique no campo leve consigosacos onde possa separar previamente o seu lixo e assim, mais tarde, colocá-lo no ecoponto.

No piquenique, troque as embalagens descartáveis por embalagens reutilizáveis. O mesmo com pratos, copos e talheres.

Não se esqueça de que as beatas não devem ficar nem no chão, nem no areal: elas não são biodegradáveis. Leve sempre consigo um pequeno cinzeiro, de preferência, feito com materiais reaproveitados, para mais tarde as colocar no contentor do lixo.

O calor pede um gelado, mas o “pauzinho” que o suporta não deve ficar na areia. Guarde-o com o restante lixo e deposite-o no contentor indiferenciado à saída da praia.

O protetor solar era de spray e acabou? Ele pode (e deve) ser colocado no ecoponto amarelo. Mas, se for em bisnaga também.

Se optar por passeios pela floresta, lembre-se de que é proibido fazer fogueiras, lançar foguetes, acender fósforos ou ligar isqueiros. 

Aprenda a fazer compostagem. Uma parte significativa do lixo que produzimos é matéria orgânica, que dificilmente se decompõe nos aterros sanitários. Com um compostor, as vantagens são várias. Terá sempre fertilizante natural, ocupando pouco tempo com a manutenção. 

Agora que o tempo está mais quente é uma boa altura para tomar banhos rápidos e gastar menos água.

Se tiver piscina em casa evite esvaziá-la com muita frequência. São milhares de litros de água desperdiçados. Opte por cobri-la quando não está a ser utilizada, e por ter equipamento de limpeza, atrasando o momento de despejo da água. Quando essa altura chegar, aproveite o máximo de água possível para descargas de autoclismo ou lavagem do carro, por exemplo. 

Como pode ver, fazer do verde a cor do seu verão não custa nada. Aproveite, pois, mas em segurança, respeitando as regras de distanciamento social que convidam a evitar locais onde haja muitas pessoas concentradas.