Recicla

Reciclar faz parte do verão

Reciclar faz parte do verão. E parte da solução. É esta a mensagem que a Sociedade Ponto Verde e a RECICLA querem deixar agora que se aproxima o mês que é o eleito pelos portugueses para irem de férias.

No campo ou na praia, num hotel ou numa tenda, todas as razões são boas para continuar a reciclar. E há muitos objetos à espera de serem colocados no ecoponto certo.

Aqui ficam, pois, algumas dicas para umas férias sustentáveis. Comecemos pelo alojamento:

  • Se optou por uma casa de férias, faça como na sua residência habitual: crie um ecoponto doméstico, separe as embalagens e depois coloque-as no ecoponto de rua mais próximo.
  • Se está num hotel ou outro alojamento semelhante, procure saber se existe sistema de reciclagem.
  • Faça o mesmo se estiver a acampar. Se não houver ecoponto no parque de campismo, guarde as suas embalagens e depois deposite-as num ecoponto de rua.

A propósito de embalagens, há algumas que são próprias do verão. Saiba o que fazer com elas:

  • As latas de refrigerantes e garrafas de plástico de água devem ser colocadas no ecoponto amarelo. O mesmo destino devem ter os pacotes de leite, de sumo e as embalagens dos iogurtes, sejam sólidos, sejam líquidos.
  • Se optar por se refrescar com uma cerveja ou um vinho, então o ecoponto verde é a solução.
  • É provável que improvise algumas refeições à base de atum ou de salsichas: coloque as latas no ecoponto amarelo e nem precisa de as  lavar.
  • As embalagens de protetor solar e outros produtos que fazem parte da cosmética de verão vão pelo mesmo caminho. Com tampas e tudo.
  • É também para o ecoponto amarelo que devem ir os dispensadores de álcool gel, que este ano temos de levar para todo o lado.

Mas nem tudo é reciclável:

  • As bolas de Berlim são quase obrigatórias na praia, mas o papel que as embrulha deve ir para o lixo comum: é que tem gordura.
  • As caixas das pizzas têm o mesmo problema: a gordura inviabiliza a reciclagem do papel/cartão, pelo que não devem ser colocadas no ecoponto azul.
  • Novidade neste verão são as máscaras de proteção individual e as luvas descartáveis: devem ser colocadas num saco fechado e depositadas no lixo comum. Mas sempre que possível opte por utilizar máscaras reutilizáveis.
  • Se, no final das férias, os brinquedos dos miúdos já não tiverem uso – saiba que boias, baldes, pás e companhia, apesar de serem de plástico, não são embalagens, pelo que não podem ir para reciclagem. A alternativa é dar-lhes nova vida: ou transformando em novos objetos ou doando a instituições para crianças.

Já sabe: se vai de férias, não deixe a reciclagem em casa.