Recicla

Um café sabe bem e se for sustentável ainda melhor!

A chegada do outono pede cafezinhos quentes pela manhã, depois do almoço, ou a meio da tarde. Este hábito tão comum e apreciado em tantos países, torna-o a segunda bebida mais consumida em todo o mundo. Mas sabia que esta ação aconchegante, além de benefícios para a saúde, pode ser amiga do ambiente? 

Pois é, quase tão precioso como a água, o café ajuda, por exemplo, a combater a depressão e a melhorar o humor. É visto muitas vezes como o melhor amigo depois de noites mal dormidas, ou em dias difíceis, e pode ser uma bebida eco friendly, se tornarmos o seu consumo mais ecológico.

De seguida, confira aqui o que pode fazer para tornar a sua pausa para café mais amiga do planeta.

A primeira opção pode ser escolher um café fair trade, isto é, proveniente de comércio justo. Ao optar por produtos que tenham esta certificação, que se encontra nas embalagens através de um selo semicircular azul e verde, está a contribuir para melhorar as condições de vida de agricultores e produtores, pois com esta distinção são garantidas e respeitadas normas sociais, económicas e ambientais estipuladas.

Segue-se a forma como o vai beber. Expresso, duplo, americano, ou com outros ingredientes, o café pode ser produzido em cafeteiras elétricas, ao lume ou extraído em máquinas de cápsulas, de pastilhas ou moído. Seja qual for a sua maneira preferida de apreciar esta bebida, cada uma delas pode levar um toque mais sustentável.

Por exemplo, as máquinas para café moído ou em grão utilizam filtros. Troque os de papel pelos de pano – é que o papel molhado e sujo não é reciclável, mas o pano pode lavar-se, pelo que é reutilizável. Se não for possível usar outro material, pode compostar os filtros de papel para criar adubo e, assim, evitar que acabem no aterro.  

No que toca às máquinas de pastilhas ou cápsulas, já há marcas que as recolhem para reciclagem, umas totalmente, outras apenas em parte. Aqui damos-lhe a conhecer alguns exemplos. Pode também entregá-las em pontos próprios de recolha que posteriormente as encaminham para o sistema de tratamento. Uma forma de saber onde entregar as suas cápsulas de café usadas é através da aplicação WasteApp, que indica os diversos locais de depósito.

Já no caso das cafeteiras elétricas, a principal vantagem em termos ambientais está na poupança de água, pois, produzindo o café de forma automática, é possível medir a quantidade certa que se pretende, evitando desperdício.

  • Não se esqueça, quer seja máquina ou cafeteira, quando já não funcionar nem for possível arranjar deve procurar reciclá-la, colocando-a no contentor de recolha de equipamentos elétricos e eletrónicos.

Depois de beber, aproveite as borras. Podem servir vários propósitos, como fertilizar o solo: são um adubo natural que oferece vários nutrientes e ajudam a manter vários insetos e moluscos afastados do jardim. Também podem ser utilizadas como ingrediente de cuidados da pele, como esfoliação.

Da próxima vez que beber um café, junte-lhe uma dose de sustentabilidade e ainda vai saber-lhe melhor.