Recicla

Uma Nuvem Branca para um banho mais ecológico

A consciência ambiental pode e deve começar cedo. E por que não o primeiro passo ser no banho, com a escolha de um champô sustentável, sólido e produzido especialmente para crianças?

Foi o que a GREENSENSE optou por fazer. Fundada por Joana Lemos, em 2019, esta empresa recorre a matérias-primas provenientes de agricultura biológica, onde a utilização dos recursos é eficiente, não utilizando químicos na produção dos cosméticos.

Com o intuito de encontrar produtos naturais que acalmassem a pele atópica das crianças, a fundadora da marca desenvolveu uma fórmula que deu origem à Nuvem Branca, primeiro champô sólido para bebés e crianças feito em Portugal.

“A nossa nuvem fofinha foi especialmente pensada para as peles sensíveis e com tendência atópica dos mais pequeninos”, explica Daniel Vieira, responsável pela comunicação e marketing da GREENSENSE.

Assim, nesta fórmula entram ingredientes como manteiga de karité, aveia e camomila, às quais se juntam óleos vegetais que permitem hidratar a pele.

Além dos cuidados com o corpo, há também uma preocupação ambiental: “Na GREENSENSE preocupamo-nos com o impacto que todo e cada um de nós tem no planeta. Esta preocupação reflete-se nas escolhas que fazemos, desde a matéria-prima às embalagens que usamos”, acrescenta Daniel Vieira.

E é assim que nasce a Nuvem Branca. Foi desenhada e criada para caber na mão dos mais novos, é vegan, ou seja, sem testes em animais, e é de origem 100% natural. Por ser um champô sólido e embalado em material plástico reciclado e totalmente reciclável, ajuda a reduzir a pegada ecológica.

A empresa, com sede em Coimbra, produz, molda e embala os produtos nas suas próprias instalações, procurando uma produção adequada e em linha com os seus ideais de sustentabilidade e de salubridade.