Recicla

Vamos Reciclar em Beleza?

Embalagens de produtos de maquilhagem, vernizes ou frascos de perfume: o que pode ser reciclado e para que ecoponto vai? Não sabe as respostas ou ainda tem dúvidas? Agora, há uma plataforma que tem as respostas e ajuda a… reciclar em beleza.

Para que o destino final das embalagens dos produtos de cosmética não seja um drama, a L’Oréal idealizou o projeto “Reciclar em Beleza”, certificado pela Sociedade Ponto Verde (SPV).

Trata-se de um espaço online onde está disponível toda a informação necessária para fazer a correta separação das embalagens de diversas categorias de produtos. E, além de esclarecer dúvidas, explica por que razão é tão importante encaminhar corretamente estes resíduos para reciclagem.

“As matérias-primas estão a ficar cada vez mais escassas, portanto, é essencial reciclar embalagens tanto quanto possível para limitar a perda de material. Ao separar corretamente, melhoramos o processo de reciclagem e a qualidade dos materiais reciclados. Assim, podemos ajudar a fazer uma grande diferença para o nosso planeta e para o bem-estar atual e das gerações futuras”, começa por explicar a CEO da L’Oréal Portugal, Cátia Martins.

“Ajudar a criar melhores soluções de embalagens e promover mensagens de incentivo à reciclagem junto dos consumidores tem sido um dos objetivos da SPV”, acrescenta a CEO da Sociedade Ponto Verde, Ana Isabel Trigo Morais.

Em linha com esta iniciativa, a L’Oréal está a acelerar os diversos processos de negócio que têm em vista o respeito e a conservação do planeta, pretendendo, até 2025, ter todas as suas embalagens recarregáveis, reutilizáveis ou compostáveis. 

A marca tem ainda outros objetivos para daqui a dez anos, como tornar todas as suas embalagens provenientes de plástico reciclado ou de bases biológicas, assim como, garantir que todos os ingredientes incluídos nas suas fórmulas são de origem biológica.

Em conjunto, a SPV e a L’Oréal propõem-se inspirar os portugueses a adotarem comportamentos mais sustentáveis. E isso passa pela reciclagem das embalagens.

Por isso, da próxima vez que o frasco de champô não deitar nem mais uma gota, que a bisnaga do creme de mãos não puder ser mais espremida ou que o perfume não deite mais nenhuma borrifadela pense no que vai fazer com as embalagens vazias. Inspire-se e recicle sempre!